Elevamos nosso lucro líquido em 93% no 1º trimestre do ano

Empresa avançou na busca por eficiência, reduzindo custos em SG&A e suprimentos e aperfeiçoando sua estratégia de pricing com foco na rentabilidade, recuperação de volumes e market share

Publicado em 7 de maio de 2019, às 10h

Em resultado divulgado ontem à noite ao mercado, a Petrobras Distribuidora registrou um lucro líquido de R$ 477 milhões no primeiro trimestre de 2019, alta de 93% sobre o mesmo período de 2018.

A margem EBITDA ajustada atingiu R$ 86/m3 (ou R$ 841 milhões), alta de 12,5% em relação à registrada em 1T18 de R$ 76/m3 (ou R$ 773 milhões), refletindo o empenho da companhia na busca pela melhoria na performance em seus negócios.

Já em relação ao lucro bruto, observaram-se acréscimos de 4,8% e 5,7% na comparação com o 1T18 e 4T18, respectivamente, em decorrência de maiores margens médias de comercialização, destacando a estratégia adotada pela companhia com maior foco na rentabilidade.

A companhia apresentou neste trimestre receita líquida de R$ 22,432 bilhões, em linha com o 1T18 e 11,1% abaixo na comparação com o 4T18. Essa variação em relação ao 4T18 é explicada pela redução no volume de vendas (diesel e ciclo otto).

O endividamento bruto consolidado da BR alcançou no 1T19 o montante de R$ 6.375 milhões. Na comparação com o 1T18 a dívida bruta aumentou em 36,5% em razão principalmente do efeito do IFRS 16, com um reconhecimento de passivos, no trimestre, de R$ 875 milhões. Encerramos o 1T19 com dívida líquida de R$ 2.376 milhões. Na comparação com 1T18, a dívida líquida foi 30,5% inferior, devido principalmente a grande geração de caixa livre no ano e aos recebimentos relacionados aos instrumentos de confissão de dívidas firmados com as subsidiárias da Eletrobras

A relação completa dos indicadores está disponível em www.br.com.br/ri. A Petrobras Distribuidora realizará teleconferência, com tradução simultânea para o inglês, neste dia 07/05, às 12h, horário de Brasília (11h em Nova York), para comentários da diretoria executiva sobre o resultado. A apresentação estará disponível também para download no site da companhia, uma hora antes do início das teleconferências.