Diversidade

Nosso objetivo é desenvolver um ambiente sem discriminação e com oportunidades iguais para todos

Promover a diversidade e a equidade de gênero dentro da companhia é estimular, através da mistura de pessoas, idéias e experiências diferentes, a criatividade e inovação na superação dos desafios.

A Petrobras Distribuidora enxerga isso como fator fundamental para o aperfeiçoamento das relações de trabalho no ambiente corporativo para homens e mulheres. Um ambiente onde o respeito e a igualdade de direitos são premissas básicas para o encontro de novas perspectivas e soluções de relacionamento e produtividade.

Selos conquistados na 3ª, 4ª e 5ª edição.Em dezembro de 2015, conquistamos, pela terceira vez o Selo Pró-Equidade de Gênero e Raça (5ª edição), concedido pelo Governo federal em parceria com a Unifem (Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher) e a OIT (Organização Internacional do Trabalho). O selo, recebido pela primeira vez em dezembro de 2010 (3ª edição), confere à empresa reputação positiva por oferecer as mesmas condições de ascensão profissional a todos seus empregados, combater a discriminação e promover os direitos humanos. Em 2011, com a junção da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) à Secretaria de Políticas paras as Mulheres (SPM), a 4ª edição do programa incorporou as questões etnicorraciais.

Segundo a avaliação da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM), cumprimos as 10 ações constantes no plano de ação, destinadas à sua força de trabalho e a seus públicos de interesse, abrangendo: capacitação e treinamento; ascensão funcional e plano de cargos e carreira; benefícios; programas de saúde e segurança; mecanismos de combate às práticas de desigualdades, às discriminações de gênero e raça e à ocorrência de assédio moral e sexual; capacitação na cadeia de relacionamento da organização; propaganda interna e externa, além de suas iniciativas inovadoras.

Dentre as ações realizadas nessa edição, podemos destacar: a garantia de 50% das vagas para estudantes negros e negras no processo seletivo de estágio em norma corporativa; extensão do auxílio-creche para os homens, bem como ampliação da licença-paternidade para 10 dias; divulgação de cartilha de assédio para empresas fornecedoras; oficinas sobre gênero, saúde, equidade racial e paternidade participativa para as comunidades de Bebedouro (Linhares) e Praia das Gaivotas (Vila Velha) no Espírito Santo; material sobre proteção dos direitos das mulheres e igualdade racial nos trailers de atendimento do Programa Pela Vida (Grupo Julio Simões), destinado aos caminhoneiros; realização do 1º Fórum de Responsabilidade Social; elaboração de vídeos ao estilo TED com especialistas em diversos temas. Uma das ações inovadoras foi a elaboração de um material voltado para as creches que tenham dependentes matriculados. Ele é formado por um tapete e um livro de pano, contendo cinco histórias, abrangendo a diversidade cultural, racial, geracional, de gênero e de configurações familiares. Há também um manual com dados estatísticos e atividades para os docentes abordarem os temas com as crianças. Outra ação inovadora foi a inclusão do debate sobre equidade de gênero e raça com a plateia participante de algumas peças do Programa Petrobras Distribuidora de Cultura, como "Mulheres Alteradas", "O homem que amava caixas", "Como a gente gosta", "A peça do casamento", "O menino Teresa" e "Namínia não!".

Sobre as ações realizadas nas edições anteriores, podemos destacar a criação de banheiros e uniformes femininos nas unidades operacionais; a extensão da licença-maternidade para 180 dias; a implantação de salas de coleta de leite em nossa sede e na Fábrica de Lubrificantes em Duque de Caxias (Rio de Janeiro); a capacitação de toda a força de trabalho com conteúdo relacionado à diversidade (empregados, estagiários, gestores e jovens aprendizes); inserção de conteúdo sobre assédio moral e sexual no curso de desenvolvimento gerencial e no Canal de Fornecedores; incentivo à paternidade participativa e a divisão de tarefas no Programa de Apoio à Gestante e Incentivo ao Aleitamento Materno; criação de indicadores de diversidade para acompanhamento do impacto das ações do programa em nosso quadro funcional; realização de campanhas para proteção dos direitos humanos em postos e comunidades; inclusão de cláusula de fomento à diversidade nas minutas contratuais de prestação de serviços; vacinação contra HPV para empregadas de até 26 anos e dependentes.

Apesar de ser a terceira participação da Petrobras Distribuidora no Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça, é perceptível, nos diferentes fóruns que envolvem a temática, o protagonismo da Companhia. Contudo, o objetivo é avançar, cada vez mais, na promoção da equidade em nosso ambiente organizacional. Vale destacar, mais uma vez, que as ações de equidade de gênero e raça já estão incorporadas aos projetos prioritários de Responsabilidade Social e também nas relações com um grupo significativo de partes interessadas. A Companhia, presente em todo país, entende seu papel e sua responsabilidade em promover uma sociedade mais igualitária e democrática.

Saiba Mais

Visite o minisite do Programa Pró-equidade de Gênero e Raça na página da SPM

Visitar minisite

Selecionamos alguns vídeos para que você possa se informar mais sobre os conceitos de gênero e diversidade. Nestes filmes você poderá entender melhor o papel da mulher, seus direitos na nossa sociedade, além de conhecer nosso posicionamento sobre igualdade racial.

Leia nossas cartilhas e aprenda um pouco mais sobre igualdade racial e combate à violência contra as mulheres (incluindo a Lei Maria da Penha). Este material está disponível para todos e pode ser usado para aulas/palestras sobre o tema. Compartilhe o conhecimento e contribua para uma sociedade mais justa e livre de preconceitos.

 

COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER


Durante muito tempo o ambiente familiar foi tratado como um lugar privado e restrito, onde o Estado tinha muita dificuldade para entrar e combater a violência doméstica. Somado a isto, o medo, a vergonha e a falta de informação contribuíram para que mulheres agredidas...

Ler cartilha

LEI MARIA DA PENHA


A popular Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006) é reconhecida pela ONU como uma das três melhores legislações do mundo no enfrentamento à violência contra as mulheres...

Ler cartilha

IGUALDADE RACIAL É PRA VALER!


O Olhar nos engana! Nós enxergamos apenas a aparência e acabamos por tirar conclusões sobre as pessoas. Nosso olhar percebe diferenças entres os seres humanos: cor de pele, cabelo, olhos. A partir dessa experiência direta e imediata, forma-se o preconceito...

Ler cartilha
 
 

VEJA TAMBÉM

Concursos

Saiba como fazer parte da equipe da Petrobras Distribuidora.